…. São já inconfundíveis as figuras femininas de Albino Moura que crescem em paisagens tranquilas onde há uma aragem branda que nos aproxima dos deuses e da paz onde flores da terra e estrelas do céu convivem harmoniosamente.

Albino Moura CNAP

Elas são a outra face do sonho que cada mulher carrega, a vida dilui, o mundo pisa mas que, e apesar de, renasce. Persistentemente.

Sentemo-nos na relva verde da infância, gozemos a sua frescura e oiçamos o rumor do silêncio.

Talvez daí a paz, a fraternidade que o pintor torna tão acessíveis, nos sejam devolvidas para sempre.

Maria Rosa Colaço

 

Privacy Preference Center

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?

Pin It on Pinterest

Share This